Máxima 55.

Não estar nas mãos de ninguém, ser o homem de seu coração, de seus princípios, de seus sentimentos: é o que de mais raro tenho visto.

Chamfort, Máximas e Pensamentos
(Martins Fontes, Trad. de Regina Schöpke e Mauro Baladi)

Anúncios

Um comentário sobre “Máxima 55.

  1. Já dizia Raul Seixas,
    em uma curta canção
    que ouvi agora há pouco:

    “fruto do mundo
    somos os homens

    pequenos girassóis
    os que mostram a cara

    e enormes as montanhas
    que não dizem nada”

    Beijo,
    Doce de Lira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s