O que nos acontece.

[Aldous Huxley]

– Se alguém não gosta do presente, não há muita chance do futuro ser melhor.
– É, já pensei nisso.
– Mas a verdade é que nunca se sabe. Veja essa noite.
– Na verdade… Me sinto sozinho a maior parte do tempo.
– Mesmo?
– Sim.
– Sempre me senti assim. Nascemos sozinhos, morremos sozinho. E enquanto estivermos aqui, estaremos totalmente encerrados nos próprios corpos.
– Realmente estranho.
– Pensar nisso me deixa louco. Só podemos vivenciar o mundo exterior através da percepção parcial que temos. Quem sabe o que realmente gosta. Só vejo o que acho que você gosta.
– Sou exatamente o que aparento ser. Se olhar bem de perto. A única coisa que fez a coisa toda valer a pena foram aquelas poucas vezes que fui capaz de me conectar de verdade com outra pessoa.
– Tive uma intuição sobre o senhor.
– Teve?
– Sim, senhor.
– De que você pode ser um verdadeiro romântico. Sabe, todo mundo sempre diz que, quando se está mais velho, terá toda essa experiência, como algo fantástico.
– Grande merda, a cada dia nos tornamos mais insensatos.
– Mesmo?
– Definitivamente, sim.
– Então toda sua experiência é inútil?
– Eu não diria isso. Como diz Sr. Huxley: “A experiência não é o que acontece ao homem, é o que homem faz com que aconteça a ele.”

“A Single Man” (2009)

Anúncios

Um comentário sobre “O que nos acontece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s