Tu eras o vento.

Sou um barco
sem vento.
Tu eras o vento.
Era esse o rumo que eu devia seguir?
A quem importa o rumo
com um vento assim!

Olav H. Hange

Anúncios

3 comentários sobre “Tu eras o vento.

  1. Lindo trecho, e bela pergunta!
    Nem sempre os ventos sao favoraveis, alguns ajudam, outros atrapalham, alguns anunciam a tempestade… esses sao os piores.
    Tempestades passam, é só uma questão de tempo. Mas a fé e a esperança continuam. Força e fé!
    rsrsrrsrs =)
    Certa vez, me disseram que nao se deveria temer adversidade, pois os papagaios voam com a contrariedade do vento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s