Capitão.

tem coisas que não é possível descrever
como o que se sente quando se deixa o lugar em que se viveu por tantos anos
ou um estado mórbido qualquer
há momentos em que se espera sem esperar nada
e isso não é algo simples de traduzir também
você pode se ocupar pelo tempo que for
na verdade não há nada como estar simplesmente
parado
enquanto tudo o que deveria acontecer no mundo à sua volta
não acontece
é como brincar de deus só que usando seus poderes
às avessas
em um tempo assim o tempo é em si outra coisa
e é como se seu coração se mantivesse congelado
enquanto todos os sentidos continuassem acumulando sensações
estar parado é deixar lugar nenhum
instante nenhum
é neste lugar que cada memória se apazigua
e nenhuma outra é capaz de se formar
é como não abandonar o navio
que afunda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s