Papagaios.

Há ignorâncias de vários graus de conhecimento completamente ilusórios. É mesmo o aborrecimento perpétuo da sociedade, esse torneio de verbosidades impetuosas e inestancáveis, que têm o ar de saber as coisas porque delas falam, o ar de crer, de pensar, de amar, de procurar, enquanto tudo isso é apenas ruído vão, aparências, vaidades, palavrório. O pior é que, estando o amor-próprio atrás desse palavrório, essas ignorâncias frequentemente são ferozes de afirmação, tornam-se essas parolagens por opiniões, apresentam-se os preconceitos por princípios. Os papagaios consideram-se seres pensantes, as imitações dão-se como originais, os fantasmas de idéias entendem ser tratados como substâncias, e a polidez exige que entremos nessa convenção. É fastidioso.

Diário Íntimo, Amiel, 9 de junho de 1877 (Ediouro, pg. 324)

Anúncios

3 comentários sobre “Papagaios.

  1. É mesmo o aborrecimento perpétuo da sociedade, esse torneio de verbosidades impetuosas e inestancáveis, que têm o ar de saber as coisas porque delas falam, o ar de crer, de pensar, de amar, de procurar, enquanto tudo isso é apenas ruído vão, aparências, vaidades, palavrório.

    qto aborrecimento com as palavras,tadinha delas, palavras nao sao aparencias, freud explica, muitas delas revelam o q há de mais profundo em um ser.

    O sentimento zomba das nossas ordens. – Amiel
    Talvez as ordens estejam erradas!

    juizo, caro leitor, e cuidado com precipitações, algumas decisóes devem ser tomadas com calma, e se são erradas, nossa mente alerta, sempre…
    Acho q pior batalha e a q travamos contra nós mesmos, deviamos parar de causar tanta dor a nosso eu.pense nisso.

    Paz e bem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s