Um caminho reto pelo mundo.

As contradições de meu caráter eram tais que eu não podia nem ficar sozinho nem suportar outros, nem conseguir manter segredo total sobre meu comportamento. Armava uma espécie de conspiração pessoal. De certa forma praticava minha teoria de que não se pode avançar num caminho reto pelo mundo, mas que é preciso esgueira-se disfarçadamente por ele, ou passar por ele desordenadamente.

Isaac B. Singer, Amor e Exílio: Memórias (L&PM, pg. 173)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s