Ela é a unica que terei.

sylvia

Gostaria de ser qualquer um, aleijado, moribundo, puta, e depois retornar para escrever sobre meus pensamentos, minhas emoções, enquanto fui aquela pessoa. Mas não sou onisciente. Tenho de viver a minha vida, ela é a unica que terei. E você não pode considerar a própria vida com curiosidade objetiva o tempo todo…

Os diários de Sylvia Plath – 1950/1962 (Globo, pg. 21)

Anúncios

2 comentários sobre “Ela é a unica que terei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s