O meu apartamento.

Eu vivo mesmo é perto dos telhados, das nuvens e dos passarinhos, e quando eu entro no meu apartamento tranco a porta, e fico ali dentro sozinho, horas e horas sonhando acordado, voando na imaginação, pensando mil fantasias, o meu apartamento é cheio, cheio, cheio de coisas, tantas coisas que eu acho que a pessoa fica confusa e não me entende, porque cada uma daquelas coisas tem uma história, uma lembrança, então acho que só eu posso compreender o meu apartamento, a maioria das pessoas não olha os detalhes do meu apartamento, olha uma coisa aqui e outra ali, mas eu vejo tudo ao mesmo tempo.

Do conto “O meu quarto”, de Ana Miranda, adaptado.

Anúncios

4 comentários sobre “O meu apartamento.

  1. enquanto lia veio aquela deliciosa sensacao de imagens se formando na mente…
    imagens do meu antigo quarto ainda na casa dos meus pais…
    imagens vivas e cheia, cheia de coisas… cores
    e uma saudade gostosa invade o peito
    Faz-me rir
    😉

  2. Lindas palavras, retrata bem o sentimento de apego e amor que as pessoas tem com sua casa e seus pertences, que para os outros não significa nada mas para a pessoa tem um valor sentimental muito grande. Lindo mesmo adorei! Bejo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s