Hans.

– Procure me entender, Hans – disse em tom de lamúria.
– Eu te entendo bem, desgraça! E muito bem.
– Mas que tipo de gente é você, Hans?
– Sou um palhaço, e coleciono instantes.

Heinrich Böll, “Pontos de vista de um palhaço“, Estação Liberdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s