As criaturas mais alegres do mundo.

Amelio, filosófo solitário, estava sentado, numa manhã de primavera, com seus livros, à sombra de uma casa na vila, e lia; comovido com o canto dos pássaros pelos campos, pouco a pouco passou a ouvir e a pensar, e deixou a leitura; por último, pegou a pena e, naquele mesmo lugar, escreveu o que se segue. Os pássaros são, naturalmente, as criaturas mais alegres do mundo.

G. Leopardi, Operette Morali, Elogio degli uccelli.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s