Destino/Futuro, Escolhas, Excertos, Identidade, Vida

Participar da vida.

Antoine tentou outros caminhos, outras soluções para resolver a sua dificuldade em participar da vida.

(…)

Ele vivera no olho do ciclone, que é um lugar calmo e solitário cercado da mais infernal tempestade.

Martin Page, Como me tornei estúpido, (Rocco, pg. 14 e pg. 70)

Destino/Futuro, Diálogos, Escolhas, Felicidade, Identidade, Tédio, Verdade, Vida

O imprevisto!

Mas não aguento mais: parto…vou viajar.
– Você? – disse Roland. – Ah! Para onde, e quando?
– Depois de amanhã. Para onde? Não sei…mas, caro amigo, você compreende que se eu soubesse para onde vou, e para fazer o quê, não sairia da minha aflição. Parto simplesmente por partir; a própria surpresa é meu fim….o imprevisto. Entendeu? O imprevisto!

André Gide, Paludes (Noa Fronteira, pg. 52)

Ceticismo, Felicidade, Identidade, Verdade

Que mundo idiota!

Que mundo idiota, os estranhos sentimentos das pessoas, os segredos, cada pessoa escondendo-se dentro de si mesma, querendo alguma coisa e sempre ganhando outra, querendo dar alguma coisa e sempre dando outra.

William Saroyan, O jovem audaz no trapézio voador e outras histórias. (Paz e Terra, pg. 160)