Arrebatamento interior

the_stage_by_fallenrosemedia.jpg

Em cena, tudo o que vocês fizerem friamente irá destruí-los, pois os deixará habituados à ação automática e mecânica, destituída de imaginação.

O que pode ser mais eficaz para estimulá-los interiormente e deixá-los mais arrebatados do que uma criação imaginária que tenha tomado conta de seus espíritos?

Um verdadeiro artista deixa-se arrebatar por tudo o que acontece ao seu redor, interessa-se entusiasticamente pela vida, que se torna, para ele, o objeto de seu estudo e de suas paixões. Tenta assimilar as impressões que recebe do exterior, e, como artista, procura fixá-las em seu coração. Não se pode ser frio quando se trabalha com a arte. Você têm de possuir um certo grau de entusiasmo interior.

Nossa mente pode ser ativada a qualquer momento. Mas isto não é suficiente. Precisamos da colaboração fervorosa e direta de nossas emoções e desejos, bem como de todos os outros elementos de nosso estado interior de criação. Assim como a levedura provoca a fermentação, a percepção da vida de seu papel provoca uma espécie de arrebatamento interior, a ebulição necessária para um ator. (…)

A capacidade de inflamar seus sentimentos, sua vontade e sua mente é uma das qualidades do talento de um ator e um dos objetivos fundamentais de sua técnica interior.

C. Stanislavski, Manual do Ator, p. 11-2 (Martins Fontes)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s