A verdade.

O único tempo precioso, minha querida Nahed, é o que o homem consagra à reflexão.
– É no entanto espantoso que a verdade não dê na vista dos homens!
– Você está muito enganada. A verdade é conhecida por todos, mas uma coisa conhecida de todos não possui nenhum valor de troca. A verdade não tem futuro nenhum, ao passo que a mentira é portadora de grandes esperanças.
Nahed caiu na risada.

Albert Cossery, As cores da infâmia, pg. 92 (Conrad)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s