Tudo bem.

A gente vai morrer?
Em algum momento. Não agora.
E ainda estamos indo para o sul.
Sim.
Para ficarmos aquecidos.
Sim.
Tudo bem.
Tudo bem o quê?
Nada. Só tudo bem.
Vá dormir.
Tudo bem.
Vou apagar a lamparina. Está bem?
Sim. Está bem.
E então mais tarde na escuridão: Posso te perguntar uma coisa?
Pode. É claro que pode.
O que você faria se eu morresse?
Se você morresse eu ia querer morrer também.
Para poder ficar comigo?
É. Para poder ficar com você.
Tudo bem.

Cormac McCarthy, A Estrada, Alfaguara, p. 13.

Anúncios

Um comentário sobre “Tudo bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s